Regional

Paulo Afonso - Bahia - 23/11/2018

Derí do Paloma e a maldição do primeiro mandato

Blog Conexão Verdade. Informação além da notícia.
Foto reprodução

Atualmente o município de Jeremoabo amarga a triste decisão de votar em (Derí do Trabalho). A inexperiência e a falta de capacidade técnica de parte do centrão da equipe do prefeito Deri, tem levado o gestor ao fundo do poço e ao precipício político.

Com o governo em ruínas, Derí não sabe o que fazer e tão pouco seus aliados tem se importado para com os problemas do município.

Derí do Paloma, prefeito eleito em eleição suplementar em (3) de junho deste ano, sequer tomou posse como chefe do executivo e já tem uma crise INSTALADA na administração pública, e em tão curto período de tempo, já é recordista de ações administrativas e judiciais contra a sua gestão, tudo isso causada por sua incompetência e de seu agrupamento político.

Há 120 dias após assumir o comando da gestão, o desastroso governo de Deri do Paloma já começa a mostrar as “unhas” e as marcas da incompetência de sua gestão pífia.

Durante uma longa caminhada que fiz pelas ruas de Jeremoabo, nos últimos dias, pude comprovar que a principal crítica que tenho ouvido sobre Derí do Paloma (PP) é que o prefeito não ouve ninguém, é desobediente, e detesta conselhos, e quando ouve são “palpites” de conselheiros desqualificados que o atola em um mar de ilusão e mentira. Ele tão pouco está se importando com o que vem ocorrendo em sua gestão, que chego comparar com a estrofe da canção da antiga dupla sertaneja Leandro e Leonardo: "Eu não sei prá onde vou... Pode até não dar em nada... E onde o vento me levar... Assim o vejo diante do cenário político que se desenha.

Ao logo dos meses, Deri adotou um novo estilo de fazer política. “É o governo faz de contas”. Fonte fidedigna, muito próxima ao (Deri do Trabalho) revelou com exclusividade a redação do Blog Conexão Verdade, que o progressista deseja retirar o time de campo e “tirar” o que gastou com as sucessivas derrotas nas eleições passadas.

Portanto, as eleições de 2020 servirão para duas coisas: primeiro avaliar o novo Governo de Jeremoabo que estará com pouco mais de um ano  e quatro meses. Segundo, definir chances de políticos que queiram voos mais altos no cenário local.

Todos os absurdos e deslizes que vem ocorrendo nestes (120) primeiros dias de gestão, não são por conta do tempo, mas da incompetência e falta de humildade da parte do gestor e não consultar sua base, quando confia cegamente nas pessoas sem capacidade, afirmou por telefone um vereador da base governista do prefeito Derí do Paloma, lamentando toda situação deprimente que vem ocorrendo no município.

Toda vez que é pressionado e cobrado por seus aliados, Derí surge com a sua velha desculpa esfarrapada: “Primo, vencer é saber esperar rsrsrs kkkk” e sempre foge de perguntas e questionamentos para enfrentar tais situações.

O alerta foi feito na manhã desta sexta-feira (23/11) por um vereador e um empresário da base que pediram proteção de sigilo da fonte. “Esperávamos uma coisa, infelizmente veio outra, lamentaram. “Vejo várias pessoas sem a menor competência e noção de administração pública ocupando cargos do alto escalão, e o que é pior; "forasteiros", conclui.

Deri, trouxe como aprendizagem para praticar em sua gestão, tudo aquilo de ruim, imoral denunciado em seu programa de rádio (Conexão Verdade) . O conexão, não serviu como escola e estágio não para DERI DO PALOMA tornar-se um político malfeitor, más para alertar e orientar no que diz respeito ao erário e a coisa pública. "Tanto que pregamos combater a corrupção e DERI, acabou tornando-se a maior farsa de toda história política de Jeremoabo, disse um empresário à reportagem do Blog Conexão Verdade. 

 

 


Últimas

1 até 20 de 1523   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Como você avalia a qualidade do transporte público em Paulo Afonso?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados