Bastidores

Paulo Afonso = Bahia - 10/04/2018

Seguirão a onda?

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Divulgação

Os deputados federais do PT pediram ontem à mesa diretora da Câmara Federal que seja acrescentado aos seus nomes originais, o nome “Lula”. Sucupira é no Brasil! Resta saber se o vereador Bero do jardim Bahia, e o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Regivaldo Coriolano seguirão este mesmo caminho. Bero “Lula” do jardim Bahia e Regivaldo Coriolano “Lula” da Silva?  Adotarão as grafias? Não duvido de nada na política.

"Desabafa Derí"

A semana que se encerrou esquentou bastante a corrida pela Prefeitura de Jeremoabo. Os personagens a postos nas suas candidaturas e, agora, a decisão será com vossa excelência o eleitor. Se conseguir manter a paz dentro do seu grupo oposicionista, Derí poderá percorrer o município apresentando com tranquilidade as suas propostas de governo. Sem sustos e “focos de incêndio” para apagar. 

Homem de bem

O vereador Marconi Daniel (PHS) peca em não dar importância à divulgação do seu mandato, raramente aparece na mídia por um fato político. Quando se é prefeito não precisa a preocupação, por estar sempre na mira da imprensa, de uma forma ou de outra. Como vereador, não! Tem que cavar a notícia. Não faz, mas é um nome limpo e decente.

Campanha continuará morna

Não esperem até junho, quando se inicia a Copa do Mundo, nenhuma mexida estratégica nas pedras da sucessão estadual. Este período é de visitas e de acomodações de alianças. A campanha na rua, para valer, se inicia depois da Copa da Rússia e da convenção. A partir daí os candidatos tiram os canivetes do bolso e começa a disputa. Da canela para cima valerá tudo

Nenhum fraco

Anilton Bastos Pereira, Paulo Rangel e Val Oliveira, se os novos candidatos a deputado pelo PT pensam destronar um deste trio, não será fácil. As estruturas que os sustentam são fortes. Não tem ninguém desta turma com menos de 10 mil votos em Paulo Afonso. Sem dúvida.

Nome respeitável

O deputado Paulo Rangel (PT) é um parlamentar que disputará a reeleição na cota dos candidatos com qualificação profissional e com um saldo positivo na ALBA. Não se pode colocar no Legislativo, deputados que não tenham condições de elaborar leis ou de discutir.

O exemplo do vice

Um bom exemplo que o prefeito interino  de Jeremoabo só pensa no umbigo foi a guerra para a escolha da candidata a vice.

Zanga

Faltou coragem ao secretário Pedrinho de João Ferreira para peitar com Tista de Déda na questão da indicação da filha como candidata a vice prefeita o que acabou não acontecendo. A zanga de Pedrinho esfriou.

Malhação

A fúria de alguns aliados de Chaves por causa da indicação da vice é tão grande que até o discurso emocionado em que ele elencou os motivos para a escolha de Diana de Irene tem sido usado para atacá-lo em algumas rodas mais restritas da política, nas quais a atividade principal de alguns que se declaravam antes amigos é só malhá-lo.

Não solto foguetes

Não estou entre os que festejam a prisão de alguém. Não importa o nome ou a que partido pertença. Minha formação não me permite este sadismo. Vejo a prisão do Lula como fruto da ação do Judiciário, onde teve todas as chances de defesa, não pode reclamar, e como normal. Lula é um cidadão como outro qualquer, sujeito às nossas leis, não é um Deus do Olimpo, alguém se equivocou ao dar esta interpretação divina ao ex-presidente.

Conta das paixões políticas

Os protestos contra a condenação devem ser debitados, nas contas das paixões políticas.

 


Últimas

1 até 20 de 1895   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

O que esperar das eleições presidenciais em 2018?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados