Regional

Paulo Afonso - Bahia - 05/01/2018

Desgaste de Chaves pode provocar mudança na eleição suplementar

Luiz Brito DRT\BA 3.913
Foto: Divulgação

Um dos municípios onde existe o campo mais aberto para a oposição é Jeremoabo. As suas principais lideranças, Tista de Déda e Anabel de Sá Lima Carvalho, foram tiradas de cena pela justiça e o município ficou literalmente órfão de líder, naquele colégio eleitoral. Após 12 meses à frente do governo municipal, a alta cúpula dominante da terra da jurema em flor, identificou a possibilidade de escolher, entre os vereadores da base, o candidato a prefeito em lugar de Chaves. Isso devido ao desgaste do interino visivelmente atolado em problemas administrativos, salário do funcionalismo e fornecedores em atraso, PSFs fechados, obras paralisadas, que ele definiu como obras inacabadas e a inesquecível farra das diárias. Por essas e outras é que ele estaria tendo dificuldades em conseguir um nome para ser o seu vice na eleição suplementar. Procura alguém, mas todas as tentativas fracassaram. O descontentamento a sua pessoa cresce a cada dia. Já não é segredo que o fiasco da administração Chaves mobiliza a cúpula situacionista no sentido de avaliar a indicação do vereador Kaká de Sonso candidato a prefeito, com Chaves apenas cumprindo tabela até a eleição.  

Até lá, ainda é ele quem dita as normas no município, como bradou em alto e bom som, durante  entrevista esta semana numa emissora de rádio local. 

 


Últimas

1 até 20 de 1400   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Sendo estes os candidatos a deputado estadual em quem você votaria ?





Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados