Política

Paulo Afonso - Bahia - 13/02/2020

Coluna do Bob

Luiz Brito
Foto: Ivone Lima (Painel)

Quem acusa tem que provar

Se tiver certo não há o que temer, porém, se não tiver como provar, o professor Silvano Wanderlei que outro dia nas redes sociais promoveu uma verdadeira artilharia contra pessoas do governo, depois pediu desculpas. vai terá que responder na justiça. Contudo, a metralhadora giratória de Wanderley não atingiu somente funcionários do primeiro escalão do governo Luiz de Deus. Segundo Silvano, alguns vereadores, estariam envolvidos no suposto no caso dos cartões do SUS. O caso foi parar na justiça. Um advogado constituído pelos acusados ressalta que a denúncia feita por Silvano Wanderlei são "infundadas".

Vereadores citados pelo professor Silvano Wanderley  sobre suposto envolvimento com cartões do SUS disseram que não vão mais aceitar críticas diretas que atingem as suas honras. Os parlamentares afirmaram que determinaram aos seus corpos jurídicos para que tomem as devidas providências. Um deles revelou à coluna que em mais  de 30 anos de vida pública nunca processou jornalistas, radialistas ou populares, todavia,  devido a gravidade da denúncia, se vê obrigado a tomar providências."Ele vai ter de provar essas acusações que fez, pois são absurdas e sem qualquer embasamento. pontuou. A coluna lamenta pelo professor, um moço extremamente preparado, cabeça lúcida, QI acima da média, por ter entrado nesta patuscada.

Oposicionistas e governistas prontos para mais um embate

O vereador oposicionista Mário César Barreto de Azevedo, o Mário galinho (SD) promete para a sessão plenária da próxima segunda-feira, 17, mais artilharia contra o governo municipal, principalmente o secretário de saúde Ghiarone Garibaldi. São as novas investidas cobrando detalhes das ações desenvolvidas pela administração do prefeito Luiz de Deus (PSD). O líder da bancada situacionista, Marcondes Francisco, não terá sossego neste segundo semestre, mas diz, estar  pronto para as cobranças. Esse, certamente, será o cenário que deverá predominar na casa legislativa nesses meses que antecedem as eleições de outubro. É inevitável.

Linha reta 

Vamos entrar na campanha política. A linha da coluna será a mesma de outras disputas eleitorais, não será cabo-eleitoral de candidato, o espaço será democrático a todas as candidaturas como sempre foi. Não importa quem vai ganhar ou perder, vou praticar jornalismo. Se alguém gostar ou não gostar dos comentários, aceito como democrata.

 

 

 


Últimas

6161 até 6162 de 6162 « Primeiro   « Anterior  
Busca



Enquete

Voce conhece alguém que tenha testado positivo para o Covid-19>



Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados