Política

Paulo Afonso/Glória - 12/03/2010

Câmaras se mobilizam contra a redução do duodécimo

Agência de Notícias de PauloAfonso (ANPA)

A redução do repasse de verbas das prefeituras às câmaras municipais, embora seja mais nocivo para as pequenas cidades, já começa a abalar as estruturas dos grandes municípios da Bahia. Em Paulo Afonso, por exemplo, a Casa das Leis fez uma análise do impacto financeiro e verificou que pelo menos R$ 1 milhão será cortado, o que fez com o parlamento tomasse algumas medidas para contensão de despesas. Segundo o presidente Antonio Alexandre, com a medida ele foi obrigado a demitir 26 funcionários, reduzir o consumo de combustíveis, suspender contratos, e até mesmo cota para fotocópia (xérox), dentre outras dezenas. No evento em que vereadores de todo o estado estiveram reunidos para tratar da redução do duodécimo nesta quinta-feira (11) no Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador a Câmara Municipal de Glória também se mobilizou para o debate. Liderados pelo presidente da Casa Nildo José (PT), os parlamentares foram em busca de estratégias para reverter à queda dos repasses, que chegará a R$ cerca de 300 mil ano, o que para um município com menos de 20 mil habitantes significa impacto negativo desproporcional para exercício do parlamento local. Ou seja, os mais pobres perdem mais.


Últimas

5621 até 5626 de 5626 « Primeiro   « Anterior  
Busca



Enquete

Você pretende viajar nas festas de final de ano?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados