Geral

Paulo Afonso - Bahia - 15/05/2018

Caos e Descaso no CETEP I: Professor chama diretor de Corrupto e Imoral!

Redação com informações do colegiado Cetep I e Prof.Jose Messias.
Foto: reprodução

O caos e o descaso continuam a fazer parte da rotina dos estudantes do Cetep I Paulo Afonso, localizado na Avenida dos Estudantes.

O Cetep se encontra em situação precária, as instalações bem como o patrimônio da escola está um caos.

Bagunça e destroços para todos os lados, computadores jogados em caixa dagua, carteiras destruídas espalhadas por todos os lados, salas de aula e instalações deterioradas, um verdadeiro descaso.

Segundo informações do colegiado escolar, a educação profissional no CETEP apresenta muitos problemas, falta de professores, professores assumindo disciplinas sem nenhum critério de escolha, com quase ou nenhuma experiência em sala de aula, tornando o Centro numa espécie de “Laboratório” para professores sem experiência e sem habilitação para atuar na Educação Profissional; alta rotatividade de professores, sendo o caso de haver várias trocas de professores, estudantes desmotivados, sobretudo pelo elevado número de aulas vagas.

Outro fator preocupante são as supostas ‘’denúncias’’ de corrupção que permeiam a gestão do atual diretor da instituição.

O colegiado escolar do CETEP I através de um de seus representantes o professor José Messias, acusa o diretor de prática de corrupção.

Chegou ao meu conhecimento que o senhor diretor afirmou no início do ano letivo que o CETEP passaria por reformas e por essa razão os alunos do turno noturno foram direcionados ao colégio Luís Eduardo Magalhães.

Infelizmente após alguns dias de aulas, houve um sumiço de um ´´projetor´´ que pertencia ao referido colégio, e a diretora do Luiz Eduardo emitiu oficio proibindo o CETEP de continuar funcionando provisoriamente por lá.

Até hoje não se sabe qual foi a empresa contratada para conduzir os trabalhos para a tal ‘’reforma’’ bem como o valor do contrato e o prazo para a conclusão da obra.

O representante do colegiado escolar José Messias por sua vez denunciou o diretor do CETEP em diversas instituições como o Ministério Público, Ministério Público Federal e Secretaria Estadual de Educação.

O teor das denúncias são graves, ‘’sofro perseguição dentro do CETEP por parte do diretor o senhor Pedro Fernando, a coisa chegou a tal ponto que ele invadiu a sala e interrompeu minha aula na frente dos alunos e me agrediu com o pretexto de que eu estaria envolvido na confecção de um cartaz que tinha dizeres ao seu desfavor’’ afirma o membro do colegiado.

É um absurdo, ele se utiliza do cargo para me perseguir e constranger alunos menores de idade pressionando alunos a assinarem documentos sem conhecer o seu teor.

Além dos alunos o diretor constrange professores, funcionários, pais e membros do colegiado, a imoralidade é tamanha que ele demitiu uma funcionária que faz parte do nosso colegiado afirmou o professor José Messias.

O colegiado escolar informou que o diretor do CETEP I trouxe de volta todos os professores denunciados na gestão passada, e que por sua vez o NTE 24 foi omisso não deu prosseguimento e engavetou as denúncias que foram feitas a época.

Durante uma das reuniões do colegiado escolar, o diretor se fez presente e tentou intimidar membros do colegiado, ‘’eu o chamei de corrupto e imoral, ele ameaça pessoas, constrange e intimida quem discorde de sua conduta, na verdade é isso que o diretor é, as providências estão sendo tomadas, estão contratando empresas sem nos repassar as devidas informações como o tipo de obra, prazo e valores, existe denúncia de professor recebendo sem dar aula, nunca vi tanta corrupção e imoralidade como existe nessa gestão afirma o professor do colegiado’’.

‘’Esse corrupto tem ser afastado de suas funções, ele deve ter informação privilegiada porque chegou ao nosso conhecimento que daqui a 15 dias ninguém pode ser mais demitido, então ele tenta ganhar tempo para permanecer impune no cargo'', indagou Messias.

O professor José Messias chegou a prestar queixa na delegacia contra o diretor por conta de suposta agressão sofrida em sala de aula, por conta disso foi levado a uma clinica para atendimento médico.

Procuramos o diretor ontem 14/05 para se defender das acusações mas o mesmo não foi localizado.

Resta saber se diante de tantas denúncias o governador e a Secretaria de Educação irá afastar o diretor Pedro Fernando.

 

 

 

 

 


Últimas

21 até 40 de 1929 « Primeiro   « Anterior     Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Se você tivesse o poder do voto, em quem você votaria para ser o novo presidente da câmara de vereadores de Paulo Afonso?















Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados