Política

Salvador - 22/03/2010

Seis nomes querem uma vaga na chapa de Souto

A Tarde
Divulgação

A disputa por uma das três vagas (duas para o senado e a vice) da chapa o ex-governador Paulo Souto (DEM), pré-candidato ao governo baiano, começa a se acirrar e ganhar os noticiários do país. No DEM, os postulantes a senadores são o senador ACM Júnior, José Carlos Aleluia (deputado federal) e José Ronaldo (ex-prefeito de Feira de Santana). Entre os tucanos baianos, são cotados o ex-prefeito de Salvador, Antônio Imbassahy, o ex-governador e atual prefeito de Guanambi, Nilo Coelho, além do deputado federal João Almeida. "Não temos nada definido, claro que temos aí vários nomes em aberto", disse Souto. Ele ressalta que o processo não tem impedido a pré-campanha, com a realização de viagens pelo interior baiano. "Deixa os adversários terem pressa, se posicionarem. Temos mais tempo, sem dúvida nenhuma. Não temos impedimento para a candidatura (em relação à desincompatibilização de cargos públicos). Podemos pensar na melhor composição", analisou o senador ACM Júnior. De acordo com Imbassahy, presidente do PSDB baiano, o acerto preliminar feito com o DEM é de indicar um nome tucano para a chapa, sem que haja especificação de cargo. "Por essas próximas semanas estaremos decidindo. Quem sabe não indicaremos até dois nomes, se for o caso?", disse. Ele avalia que a participação de outras legendas na composição - como o PPS e o PTN, que já fecharam nacionalmente com o PSDB -, ajudará a fortalecer o palanque nacional. Na Bahia, esses aliados ainda estão em negociação com a chapa tucano-democrata.


Últimas

1 até 20 de 5835   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Para qual partido Jair Bolsonaro deve ir ao deixar o PSL? Vote na enquete!


































Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados