Política

Paulo Afonso - Bahia - 16/06/2019

Coluna do Bob

Luiz Brito DRT/BA 3.913
(Foto: divulgação)

Aniversário

Em mais um aniversário do município (28/07), há muita esperança ainda no futuro, mas relativamente pouco a comemorar. O sonho não se concretizou em desenvolvimento para a região, apesar de seu povo aguerrido, trabalhador, e participante.

Reivindicações

A verdade é que chega de promessas. Não é possível imaginar que o município  esperou quase 40 anos para ter uma  UTI. Que ainda agora, aos 61 anos, ainda não tenha uma segunda ponte, uma escola militar, um estádio de futebol  digno,  uma fábrica  nem que fosse de doce.

União

O segredo para vencer essa segregação passa pela unidade, pelo compromisso do povo e do governante com o município, acima de tensões políticas, acima de projetos pessoais, ideológicos ou partidários. Muito tempo já se perdeu com isso. É hora de pensar na coletividade, nas mais de 120 mil pessoas que habitam aqui  e que mantêm viva a nacionalidade nessa “cidade de infinita beleza”. Não é bom brincar com a expectativa do povo.

Economia

Já dizia um assessor do governo americano, ao ser perguntado sobre a chave do sucesso nas urnas “É a economia, estúpido”. Pois é. Sem oportunidade de emprego e geração de renda, sem dinheiro para se por comida na mesa da família, não há projeto político que se sustente.

Dizer a que veio

O secretário extraordinário de gestão hospital (sic) Ghiarone Garibaldi, até aqui não fez nenhum movimento visível para mudar o quadro  na saúde. Por isso, a sua convocação para ir à Câmara. Ora, se era para a situação no sistema de saúde do Município continuar precária, de que adiantou sua indicação? Esperava-se que alguma inovação fosse feita. O extraordinário me parece mais um burocrata.

Assim de candidatos

A eleição para a prefeitura de Paulo Afonso no próximo ano poderá vir a ter um numero de candidatos recorde. Já se manifestaram até aqui, o vereador Moreirão (PSC), o ex-candidato a deputado estadual, Roosevelt Carvalho e o capitão Paz, ambos do PSL. F alta ainda a definição do ex-prefeito Anilton Bastos Pereira, do vereador Mário Galinho, do empresário Valmir Rocha, do PT e do PP. Além, lógico, do candidato natural à reeleição, Luiz de Deus. Um quadro bem diversificado.

Outro contexto

Fonte do PP não esconde de ninguém de que a chapa dos sonhos para a disputa da prefeitura de Paulo Afonso é Mário Júnior a prefeito e o vice seria Mário Galinho; outra chapa dos sonhos ventilada é Ana Clara Moreira, prefeita e Marconi Daniel, vice, e pela ala governista  fala-se em Luiz de Deus e Marcondes Francisco.  Qual é a sua chapa dos sonhos?

Uma boa semana para o prefeito de Glória, David Cavalcanti(PP).


Últimas

1 até 20 de 5770   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Como você avalia a qualidade do transporte público em Paulo Afonso?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados