Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 09/06/2018

A rural

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: reprodução

Atenção senhores passageiros governistas. Está na hora de renovar o passaporte. A vitória do empresário Derí do Paloma e Lula de Dalvinho na eleição suplementar do último dia 3 de junho, em Jeremoabo, garantiu um pacote de viagem sem retorno na rural.  

Calma, já sei, meus três leitores estavam pensando que esqueci do Marcos de Kodó, o secretário de educação Josemar Muniz, e o próprio Chaves, né? (Na na Ni na Não).

Resumindo, o perigo é a rural partir sem comando rumo ao Sítio do Quinto e possa faltar combustível deixando como vítimas o clamor dos eleitores que ainda acreditaram nas promessas do fraco interino Antonio Chaves.

O resultado da eleição mostrou que os belos olhos de Anabel e o cabelo fino de Tista de Déda, não conseguiram seduzir o eleitor, embora alguns ainda tenham se deixado influenciar com promessas. Ninguém tira da minha cabeça que os correligionários de Tista, Anabel e Chaves, ofereceram generosas quantias a eleitores  menos esclarecidos para não comparecerem às urnas. É só observar o numero de abstenções. 

O resultado servirá de lição para os dirigentes da legenda situacionista, principalmente os que duvidaram da vitória de Derí e Lula de Dalvinho. De qualquer maneira, três vivas para Tista de Déda e Anabel que merecem uma medalha por engabelar com perfeição parte da combalida população jeremoabense. Os tempos são outros. Derí deve estar orgulhoso!

 

 


Busca



Enquete

O que esperar das eleições presidenciais em 2018?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados