Regional

Paulo Afonso - Bahia - 08/06/2018

O buraco é mais embaixo

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Reprodução

O prefeito de Glória, David Cavalcanti (PP) ancorado na então prefeita Ena Vilma Negromonte disputou a eleição para prefeito em 2016 e ganhou com certa facilidade. Na época, havia uma esperança pelo novo na política, o que não se configurou quando assumiu.

Na eleição de 2020 o buraco é mais embaixo. David carrega um fardo pesado de desgaste político, administrativo e pessoal. Logo, mesmo tendo Ena Vilma como uma boa cabo eleitoral, não vai disputar a reeleição navegando num mar de rosas como aconteceu em 2016.

Em 2020, ele será julgado pelo que fez e  pelo que não fez. Isso representa o somatório do desgaste do poder. Resumindo, o cenário serve para balizar que o céu não está mais azul e calmo para o candidato do PP, mas sujeito a chuvas, granizo e trovoadas. E tem aliado que parece torcer por sua derrota.


Últimas

1 até 20 de 1450   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

O que esperar das eleições presidenciais em 2018?






Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados