Bastidores

Paulo Afonso - Bahia - 22/05/2018

Moeda de troca

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Ilustração

Correligionários do candidato a prefeito de Jeremoabo, Derí do Paloma(PP) são sonhadores no quesito compra de votos.  Creem que, por causa dos exemplos da Lava Jato e da mala de dinheiro de Geddel, a compra não será no mesmo nível das eleições anteriores. É neste contexto que acham que Derí terá reais chances para ganhar a eleição com certa folga, por ter uma imagem limpa.

Aos correligionários de Derí lembro que só se compra votos porque tem alguém que venda, esta moeda tem dois lados.

Ironia de desdém

Um colega da imprensa foi ouvir um certo empresário, sobre o que achava do prefeito interino Antonio Chaves (PSD). Resposta irônica: “ele é prefeito de Jeremoabo? Não sabia!”. E saiu rindo.

Na ponta da língua

O vereador professor Ivande (PP) tem sempre a resposta na ponta da língua quando a oposição lhe cobra pelos buracos nas ruas de Jeremoabo: “Procurem o Tista e a Anabel, foram eles que colocaram o interino no cargo”. E dá uma risada.

 


Últimas

1 até 20 de 1890   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem vai ser o campeão da Copa do Mundo 2018?











Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados