Regional

Paulo Afonso - Bahia - 14/03/2018

Síndrome do pânico dentro da prefeitura de Jeremoabo

Luiz Brito DRT/BA 3.913
Foto: Reprodução

Há hoje dentro da prefeitura de Jeremoabo uma espécie de síndrome do pânico entre os ocupantes de cargos de confiança, na dúvida se vão continuar nos seus cargos ou se perderão a boca rica quando Derí do Paloma após a eleição complementar de 3 de junho, assumir em definitivo, as rédeas da prefeitura. É natural o pânico. Acontece em toda mudança de gestor. Embora Deri (foto) não tenha ainda se manifestado publicamente sobre nenhuma das mudanças que estão na rede de boatos, nada mais natural que, nos principais cargos do órgão, ele se cerque de técnicos ou políticos da sua mais estrita confiança. E por um motivo bem simples; não pode ser um fantoche da gestão anterior e em tudo que meter a assinatura será a responsável jurídica.

 

 


Últimas

1 até 20 de 1436   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Você acha que a guarda municipal deve ter poder de polícia?



Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados