Regional

Paulo Afonso - Bahia - 25/11/2017

Com indicação de Pedro Son para vice, Chaves descarta “laços da família Varjão” na política de Jeremoabo

Por: Luiz Brito DRT\Ba 3.913
Foto (Divulgação
Pedrinho de João Ferreira e sua mãe Dona Dalva
Pedrinho de João Ferreira e sua mãe Dona Dalva

Ao que tudo indica parece "Consummatum Est" a indicação do Assessor Especial, Pedro Son, como companheiro do prefeito interino Antonio Chaves (PSD), na eleição extemporânea de Jeremoabo. A indicação embora não tenha sido oficializada pelo interino pode causar grande repercussão política na cidade. É que com isso, Chaves decreta também o fim do ciclo político da família Varjão no município, que desde 1980 esteve no poder. O futuro vice, Pedro Son já está na equipe do prefeito e vai desenvolvendo um bom trabalho na prefeitura. Alem de ser o preferido de Chaves, Pedro Son tem como padrinho o padre Ramos e a deputada estadual Fátima Nunes (PT), que  segundo dizem, seria a responsável intelectual pela indicação, além disso, Pedro Son se notabiliza pela influência nas comunidades quilombolas e no meio artistico e cultural do município.  

Acompanhe a trajetória política da família Varjão no município:

João Ferreira foi vice de Déda depois foi prefeito, aí indicou Lula, depois foi candidato a deputado estadual. Após dois anos foi candidato a prefeito e perdeu para João Batista Melo de Carvalho em duas ocasiões. Depois foi vice de Dr. Spencer. Seguindo a linha, Pedrinho de João Ferreira foi vice de Tista e pelo lado oposicionista Nayara Varjão foi vice de Deri. E finalmente Dalva de João Ferreira foi vice de Anabel. Com a provável afirmação do nome de Pedro Son como vice, Chaves decreta o fim dos laços da família Varjão na política da terra da jurema em flor. 

 

 


Últimas

1 até 20 de 1320   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem Administraria Melhor o Brasil em 2018?











Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados