Polícia

Paulo Afonso - Bahia - 22/11/2017

Polícia divulga fotos de ciganos acusados de matar soldado PM em Jeremoabo

Acorda Cidade
Foto (Divulgação)

O titular da Delegacia Territorial (DT), de Jeremoabo, delegado Ailton José de Souza, divulgou, nesta terça-feira (21), as fotografias de cinco ciganos acusados de assassinar o soldado PM José Bomfim Lima, no dia 2 de novembro, naquela cidade.

Já com mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça são foragidos e estão sendo procurados, Jelson da Silva, o “Gelson Cigano”, seus filhos Bruno Jordão Matos da Silva e Rogério Matos da Silva, além de Cosme de Jesus Silva e Carlos Daniel dos Santos Lima.

As investigações apontaram que o PM foi morto depois de uma briga de bar, em Jeremoabo. Houve luta corporal e um dos homens tomou a arma do policial, fugindo em seguida. Portando uma segunda arma, José foi à casa de Jelson e os filhos. No local, iniciou-se uma troca de tiros, que resultou na morte do soldado.

O delegado informou ainda que o inquérito instaurado para investigar a morte do PM, apura também os assassinatos dos também ciganos Lwillys Messias da Silva e Donizete Alves da Silva. As circunstâncias deste segundo crime ainda são desconhecidas.   


Busca



Enquete

Deputado Estadual de Paulo Afonso. Em quem você votaria?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados