Política

Paulo Afonso - Bahia - 06/11/2017

Jeremoabo: MP ainda calado

Por: Luiz Brito DRT\BA 3.913
Divulgação

Os vereadores de oposição em Jeremoabo já deveriam ter protocolado na Casa o pedido de cassação do interino Chaves. Sobram motivos, porém, não vão obter êxito, já que a Câmara é submi$$a ao interino Chaves e o Ministério Público se mantém como um trecho do Hino Nacional, “deitado eternamente em berço esplêndido”.  Mas vão movimentar os indicadores políticos na cidade. O que mais impressiona não é a oposição ter levado quase 11 meses e ainda não ter pedido a cassação interino, e sim o silêncio comprometedor e constrangedor dos promotores do Ministério Público Estadual. A imprensa local e a regional denunciam  dia sim, dia não as mazelas da prefeitura, com dados. Outra aberração é a data da eleição suplementar que pelo andar lento da carruagem vai ficar para fevereiro do próximo ano. Ou seja, mais tempo para o interino pintar e bordar.


Últimas

1 até 20 de 4279   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Quem Administraria Melhor o Brasil em 2018?











Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados