Bastidores

Paulo Afonso - Bahia - 06/08/2017

Deu tudo errado

Por: Luiz Brito DRT 3.913 - luizbritoradialista@gmail.com
Reprodução
Josias Gomes
Josias Gomes

O governador Rui Costa vai ter que conversar no pé do ouvido com os dois secretários que mandou de volta para a Câmara com a missão de votar a favor de Michel Temer, para impedir a ascensão de Rodrigo Maia à presidência.

Desobedientes

Para reforçar Temer, Rui exonerou os deputados Josias Gomes e Fernando Torres, para que votassem a favor do presidente. Mas os dois se borraram de medo da opinião pública e desobedeceram o governador, o bobo da história.

O grande problema do Mário

O Mário Negromonte Júnior (PP) tem um eleitorado a ser respeitado, é qualificado, mas a sua questão é que acha que todo mundo é obrigado a trabalhar para ele pelos seus cabelos louros que não os têm. Faltou ao Mário a coragem que tiveram Josias Gomes e Fernando Torres que desobedeceram o governador e votaram, contra sua orientação. As campanhas avançam, terminam, entram outras, e o Mário vai fazendo uma cagada em cima da outra.

Longe do alívio

A baixa ocupação nos principais hotéis e pousadas em Paulo Afonso apontam o decréscimo na média de ocupação registrada em julho. É o reflexo de que o turismo continua na UTI.

Mea culpa

Não sei quem é o orientador político do prefeito de Jeremoabo AC, mas após sete meses no comando da prefeitura, o interino tem cometido erros primários jogando pela janela a oportunidade que caiu em seu colo de graça. Para tentar se eximir do fracasso administrativo só falta o AC botar a culpa na sua antecessora, a comadre Anabel de Sá Lima Carvalho, como se não soubesse dos problemas que enfrentaria. É o que acontece na terra da jurema em flor.  O “provisório” inventa desculpas, mas a culpa é dele mesmo.

 

 Olhando o rabo

Na votação da denúncia contra Temer, coube à deputada Alice Portugal pagar o mico (ou o cururu). Ela berrou que ele tinha liberado verbas de emenda para “comprar os deputados”. Mas Alice foi justamente uma das beneficiadas...

Pau que dá em Chico...

A Prefeitura de Jeremoabo, no norte da Bahia, em sete meses entre diárias e salários do provisório e dos secretários já torrou aproximadamente R$ 500 mil. Mas, como isso não interessa ao MP, a farra continua.


Últimas

1 até 20 de 1882   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Sendo estes os candidatos a deputado estadual em quem você votaria ?





Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados