Polícia

Paulo Afonso - Bahia - 01/05/2017

Suspeito de ter matado e ateado fogo em corpo da namorada, teve ajuda para fugir do local do crime

Por: Luiz Brito DRT 3.913
Divulgação

A assessora parlamentar e funcionária da Câmara Municipal de Jeremoabo, Izabelly Oliveira, 27 anos, foi morta com golpes de alavanca e, em seguida, teve o corpo queimado nas proximidades na ladeira do entroncamento em direção ao trevo, em Jeremoabo, norte de Bahia. O crime  com requinte de atrocidade, aconteceu na madrugada desta segunda-feira(1), feriado do Trabalho. Segundo informações, o namorado dela, de pre nome Raul seria o principal suspeito. Após o homicídio, ele ateou fogo no corpo da vítima, uma moto e numa casa. A versão não oficial diz que o rapaz teria matado a namorada e ateado fogo ao corpo dela meramente por ciúme. Testemunhas afirmam que a Polícia Civil deve indiciar o suspeito e um outro jovem que teria dado fuga ao suspeito. A pena é de 12 a 30 anos de prisão. 


Últimas

1 até 20 de 588   Próximo »   Último »
Busca


Rádio Betel

Enquete

Diante dos acontecimentos na política brasileira, como você pretende votar em 2018?





Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados