Opinião

Paulo Afonso - Bahia - 14/04/2017

O declínio da política pauloafonsina

Por: Agência Morena Branca - Luiz Brito DRT 3.913
Divulgação

Um dos berços da política do norte baiano, Paulo Afonso começa a viver o drama de um visível declínio conceitual dentro do município e fora dele. Depois de ter importantes representantes em diversos setores da política estadual e até mesmo nacional, atualmente assiste os representantes da terra, envolvidos em escândalos  ou simplesmente rebaixados a ocupantes de cargos, que nem de longe reflete o prestígio e importância de outrora.

Paulo Afonso de hoje, não é uma sombra da importância política de tempos atrás. A cidade que já produziu figuras emblemáticas na política, a exemplo de Abel Barbosa e Silva, Adauto Pereira de Souza, Alcides Modesto Coelho, hoje, limita-se ao deputado federal Mário Negromonte Júnior(PP), com a corda no pescoço e o deputado estadual Paulo Rangel (PT). E só. Na região assistimos atônitos ex-prefeitos se oferecendo para assumir vagas no Governo do Estado, ou ainda comemorando nomeação de políticos em cargos de assessoria parlamentar. Chega a soar como escárnio, caridade ou até mesmo a popular “gozação”. Para os mais entendidos, o rebaixamento da classe se deve ao descrédito atribuído a essas figuras, que certamente serão rejeitadas nas urnas nas vindouras eleições.

 

 


Busca


Rádio Betel

Enquete

Diante dos acontecimentos na política brasileira, como você pretende votar em 2018?





Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados