Economia

Paulo Afonso - 13/05/2010

Restaurante Popular cumpre metas mesmo sem apoio do Governo Federal

Por Natália Cleuber da agência ANPA
Jossemar Melo
Refeições saudáveis, oferecidas a preços acessíveis à população
Refeições saudáveis, oferecidas a preços acessíveis à população

Inaugurado em 19 de dezembro de 2007, o Restaurante Popular de Paulo Afonso continua ativo mais do que nunca. São oferecidos, diariamente, 1.000 refeições no almoço, ao preço de R$ 1,00 e, no jantar, 500 sopas, ao preço de R$ 0,50. "A comida daqui é maravilhosa, não tem como falar mal daqui. Almoço e janto todos os dias aqui. A sopa é uma maravilha, e agora que vem com o pão, melhor ainda" disse o aposentado Maurício Alves, lembrando que o pão para sopa foi mais uma das promessas do prefeito Anilton que foi cumprida.

O Restaurante Popular de Paulo Afonso conta com ampla estrutura e uma equipe de funcionários responsáveis pela preparação das refeições, garantindo qualidade aos cidadãos pauloafonsinos. Para a nutricionista e coordenadora da segurança alimentar do município, Vanessa Leal, as refeições oferecidas no Restaurante Popular seguem as normas do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

Os Restaurantes Populares são implantados em grandes centros urbanos ou em municípios com mais de 100 mil habitantes. É importante esclarecer que o Governo Federal, ao implantar tais restaurantes, oferecem estrutura física e equipamentos, todo funcionamento posterior deve-se ao empenho da gestão municipal que, no caso de Paulo Afonso, está de parabéns. Atualmente, a prefeitura desembolsa cerca de R$ 90 mil para a fundação responsável pelo preparo das refeições do restaurante, além de manter funcionários, especialistas e vigilantes. "O valor pago pelos clientes é revertido para a Fundação. Muita gente não sabe, mas a prefeitura mantém o restaurante sem ter qualquer lucro ou contra partida do Governo Federal" disse a nutricionista, Vanessa.

Em várias cidades no Brasil, os Restaurantes Populares estão sendo fechados, a exemplo de Poços de Caldas - MG e Petrolina - PE, ou tendo o valor da refeição aumentado, como em Divinópolis - MG, o que gerou a manifestação dos populares.

Em Paulo Afonso a história é diferente, a gestão municipal tem se esforçado em dar mais qualidade de vida aos pauloafonsinos, mantendo o restaurante em excelentes condições de funcionamento e sem a ameaça de fechá-lo ou de aumentar o valor da refeição.


Últimas

1 até 20 de 1924   Próximo »   Último »
Busca



Enquete

Você acha que a Prefeitura deve liberar o comércio, manter como está ou fechar de vez?




Votar Resultado
Adiquirindo resultado parcial. Por favor aguarde...


Todos os direitos reservados